Goiás tem salto de 21,3% na produção de grãos

Conab estima que o Estado deve produzir 28,8 milh√Ķes de toneladas de gr√£os na safra 2021/2022. Pesquisa do IBGE coloca Rio Verde em quarto lugar no ranking de estocagem dos munic√≠pios brasileiros

Por Redação - Agita Goiás em 11/11/2021 às 18:31:38

O segundo levantamento da safra de gr√£os 2021/2022, publicado nesta quinta-feira (11/11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), traz estimativa de aumento da produ√ß√£o, da produtividade e da √°rea plantada de gr√£os no Estado. Na compara√ß√£o com a safra 2020/2021, a produ√ß√£o deve atingir 28,8 milh√Ķes de toneladas (+21,3%); a produtividade, 4,5 toneladas por hectare (+16,2%); e a √°rea plantada, 6,5 milh√Ķes de hectares (+4,4%).

"Os dados da Conab confirmam a expectativa positiva que o setor tem para a nova safra, após um ciclo complicado do ponto de vista do clima. Com esses resultados, Goi√°s mantém o quarto lugar entre os Estados que lideram a produ√ß√£o de gr√£os no País, respondendo por quase 10% da produ√ß√£o nacional de gr√£os", afirma o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendon√ßa. Segundo a Conab, Goi√°s deve ficar com uma fatia de 9,9% da produ√ß√£o total de gr√£os no Brasil.

Principal produto da pauta agro goiana, a soja tem previs√£o de crescimento de 2,9% em produ√ß√£o. O volume total colhido deve ultrapassar 14,1 milh√Ķes de toneladas na safra 21/22, contra 13,7 milh√Ķes na safra 20/21. O levantamento da Conab informa que, em Goi√°s, gra√ßas aos índices elevados de chuvas, o plantio avan√ßou em velocidade acima da média histórica: 55% da √°rea destinada à cultura j√° havia sido semeada no início da última semana de outubro, sendo que em Rio Verde, Jataí e Montividiu esse percentual subia para 70%.

Além da soja, a expectativa é de aumento de produ√ß√£o em 7 dos 13 produtos pesquisados em Goi√°s: girassol (69,0%), milho 2¬™ safra (64,6%), trigo (39,9%), sorgo (26,6%), algod√£o em caro√ßo (22,8%), algod√£o em pluma (22,7%) e feij√£o 2¬™ safra (4,6%). O Estado deve registrar estabilidade ou redu√ß√£o no volume de gr√£os produzidos em feij√£o 1¬™ safra (-13,6%), feij√£o 3¬™ safra (-6,1%), milho 1¬™ safra (-1,2%), arroz sequeiro (-0,8%), arroz irrigado (-0,6%) e gergelim (0,0%).

Brasil
De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento, a produ√ß√£o nacional de gr√£os deve crescer 14,7% e atingir 289,8 milh√Ķes de toneladas na safra 2021/2022. A expectativa para a √°rea total semeada no País é de 71,8 milh√Ķes de hectares, aumento de 4,1% em rela√ß√£o ao último ciclo. Com um volume previsto de 142 milh√Ķes de toneladas, o Brasil deve manter a posi√ß√£o de maior produtor e exportador mundial de soja. Entre as principais culturas, h√° previs√£o de aumento também na produ√ß√£o de milho, algod√£o e feij√£o.

LSPA
Nesta quinta-feira foi divulgado ainda o Levantamento Sistem√°tico da Produ√ß√£o Agrícola (LSPA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A LSPA indica que a produ√ß√£o goiana de cana-de-a√ßúcar deve registrar recuo (5,4%) na safra atual, com volume de 72,7 milh√Ķes de toneladas. A previs√£o é de decréscimo também no café ar√°bica (-8,8%) e no tomate (-4,5%). J√° os cultivos de laranja (12,4%), uva (11,0%), mandioca (10,9%) e banana (5,4%) devem crescer no Estado, na compara√ß√£o com a última safra.

Estocagem
Outro dado divulgado pelo IBGE nesta quinta-feira foi o de estocagem. Segundo o Instituto, Goi√°s avan√ßou 18,4% em quantidade estocada no primeiro semestre de 2021. Foram 4,6 milh√Ķes de toneladas de gr√£os estocados nos primeiros seis meses deste ano, contra 3,9 milh√Ķes no mesmo período de 2020. Rio Verde ocupa a quarta posi√ß√£o entre os municípios brasileiros com maior quantidade estocada — atr√°s apenas de Rio Grande (RS), Ponta Grossa (PR) e Sorriso (MT). As 700,1 mil toneladas estocadas em território rio-verdense no primeiro semestre de 2021 representam uma alta de 45,9% em rela√ß√£o ao mesmo período do ano passado e configuram um recorde para o município, tendo em vista a série iniciada em 2007.

Jataí ocupa a 12¬™ posi√ß√£o no ranking de estocagem dos municípios brasileiros, com 542,8 mil toneladas. Em nível estadual, as tr√™s primeiras posi√ß√Ķes s√£o de Rio Verde, Jataí e Cristalina (273,4 mil toneladas).

Comunicar erro

Coment√°rios